Notícias

Ana mélia lemos

Ofício entregue à senadora Ana Amélia Lemos

Mais um passo para a implementação da Resolução da Psoríase no Brasil! A Psoríase Brasil, representada pelo seu presidente José Célio e a Diretora de Projetos e Articulações, Gládis Lima, foram recebidos em Brasília pela Senadora Ana Amélia Lemos do RS, em janeiro de 2015.

Foi entregue a Senadora, um Ofício pedindo apoio e sua liderança na questão da implementação da Resolução da Psoríase, junto ao Ministério da Saúde, onde no mês de maio deste ano a OMS – ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE, reconheceu a psoríase como uma doença incapacitante, não transmissível, dolorosa, desfigurante, para a qual ainda não tem cura. Que as pessoas com psoríase tem um risco elevado para uma série de condições de comorbidades, ou seja, doenças cardiovasculares, diabetes, obesidades, doença de Crohn, de ataque cardíaco, colite ulcerativa, síndrome metabólica, derrame e doenças do fígado e em até 42% das pessoas com psoríase também desenvolvem artrite psoriásica, que causa dor, rigidez e inchaço nas articulações e pode levar a deformação permanente e incapacitante. A resolução também aumenta a consciência sobre os encargos psicossociais da doença e que as pessoas com psoríase sofrem de falta de consciência e acesso ao tratamento.

A Senadora se comprometeu em apoiar, iniciando com o encaminhamento de um Ofício ao Ministro da Saúde (Arthur Chioro), solicitando informações do que está sendo feito para a Implementação da Resolução. Também irá acionar a Comissão de Seguridade Social e Família para junto da questão.

Um dos pontos principais de nossa demanda entregue a Senadora, é a inclusão da psoríase no “Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Brasil – 2011-2022, cujas linhas são: promover o desenvolvimento e a implementação de Políticas Públicas efetivas, integradas, sustentáveis e baseadas em evidências para a prevenção e o cuidados das doenças e seus fatores de risco e fortalecer os serviços de saúde voltadas às doenças crônicas. Cuidado integral, com a construção de Rede de Atenção à Saúde (RAS) das pessoas com doenças crônicas”.

Agora precisamos do apoio dos pacientes! É momento de unirmos nossas forças! Façam contato com a Senadora (ana.amelia@senadora.gov.br) e contem suas experiências de como é conviver com uma doença que causa inúmeros prejuízos a qualidade de vida, tanto em termos físicos, sociais, ambientais e emocionais pela falta de uma Politica de atenção aos pacientes de psoríase. Vamos unir forças para que o Ministério da Saúde implemente a Resolução.